DA REDAÇÃO: Com baixa disponibilidade de carne, arroba do boi gordo caminha para preços cada vez maiores

Publicado em 26/08/2013 13:54 e atualizado em 26/08/2013 15:27
690 exibições
Boi Gordo: preços sobem nas principais praças pecuárias do País. Oferta diminui no campo, mas atacado registra compras menores nos supermercados. Alta do dólar faz cotações a futuro subir na BM&F nesta segunda-feira.

Preços da arroba do boi sobem enquanto frigoríficos encontram dificuldades para comprar animais. Algumas indústrias pagam até R$ 102 à vista pela arroba, em São Paulo. Segundo Alex Santos, analista de mercado Scot Consultoria, a alta é uma reação própria de oferta e demanda do mercado. Ele explica que não houve nenhum impacto no mercado resultante do movimento de produtores que pretendem não entregar a carnes até a semana da pátria, em protesto contra a posição do governo em relação ao agronegócio. “Hoje quem está determinando os preços é o próprio mercado. Não há oferta de boiada em volume para fazer o mercado voltar a trabalhar em preços mais baixos”.  

Santos explica que a grande alta se deve ao fato de não ter mais animais de pasto nas escalas dos frigoríficos. “Foi mais um mais um movimento psicológico por parte das indústrias para pressionar o mercado nos dias anteriores. Se uma hora para outra a oferta aumentou e os pecuaristas viram que os frigoríficos conseguiram comprar com um pouco mais de facilidade e o mercado caiu”. E completa “Mas agora, é notório que a disponibilidade de animais é pequena, o que é normal para esse período... A tendência é que o mercado trabalhe em um cenário de entressafra e que caminhe para preços cada vez maiores”.  

Por: João Batista e Fernanda Bellei
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Luciane Possan Weber guaíra - PR

    Duvido que o movimento não tenha impactado o mercado ! Ajudou a enxugar ainda mais a oferta de boi gordo.

    0