DA REDAÇÃO: Altos custos de produção fazem com que carne de frango no Brasil perca competitividade

Publicado em 28/08/2013 13:53 e atualizado em 28/08/2013 15:48
377 exibições
Frango: Grande desafio de SC é trazer grãos de outras partes do Brasil de forma eficiente, uma vez que o estado não é autossuficiente na produção de grãos. 2012 foi o primeiro ano na história do Brasil em que o país teve um crescimento negativo na produção de frango.

Santa Catarina é hoje responsável pela produção de 2,5% da carne de frango consumida no mundo. Manter essa potência competitiva é um dos desafios dos avicultores. De acordo com Luís Carlos Farias, gerente de avicultura da Aurora, vários fatores impactam a produção de “Em Santa Catarina não somos auto-suficientes nos grãos, portanto precisamos trazer esse grão de outras partes do país com eficiência. Somos impactados pela questão da logística, que hoje tem aumentado muito o frete”. 

Ele cita também as legislações trabalhista e ambiental como entraves para a produção competitiva. “Tudo isso faz com que o Brasil venha perdendo um pouco de competitividade nesse cenário internacional, fazendo até com que no último ano, que eu acho que foi a primeira vez na história, nós tivéssemos um crescimento negativo na produção de frango”. 

Segundo farias, a alta do dólar ajuda em primeiro momento, mas como o milho e o farelo de soja, usados na alimentação dos animais, são dolarizados, tudo fica equilibrado. “A gente tem um ganho inicial, mas depois fica no zero a zero”. 

Por: João Batista e Fernanda Bellei
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário