DA REDAÇÃO: Tendência de preços firmes para feijão carioca e preto

Publicado em 23/09/2013 14:19 e atualizado em 23/09/2013 17:11
964 exibições
Feijão: Mesmo com compradores mais ativos, produtores seguram suas vendas à espera de preços melhores para seu produto. Tendência tanto para o preto quanto para o carioca ainda é de estabilidade nos preços, uma vez que a oferta não deve aumentar muito, podendo pressionar o mercado.

Os compradores de feijão carioca anteciparam um pouco as compras que deveriam acontecer esta semana, procurando comprar nos preços entre R$ 120,00/saca e R$ 125,00/saca. Porém, os produtores estão firmes e querem receber R$ 150,00/saca. Nesta segunda-feira (23), o mercado está calmo e houve vendas entre R$ 130,00/saca e R$ 135,00/saca na região de Pato de Minas (MG).

Segundo Marcelo Lüders, da Correpar, não deve ocorrer uma queda nos preços do feijão carioca porque a próxima safra a sair é a do interior de São Paulo (SP) e esse produto normalmente é de excelente qualidade, o qual hoje há falta no mercado: “Por enquanto não vejo muita oferta que faça com que os preços voltem a R$ 100,00/saca”.

Para o feijão preto a tendência é ainda mais altista do que para o carioca porque a próxima safra a sair é a da região Sul em janeiro e quem colher feijão preto nos próximos dias irá conseguir bons preços, com o mercado estabilizando em R$ 160,00/saca no Porto de Paranaguá.

Lüders afirma que até a primeira quinzena de janeiro de 2014 há uma boa perspectiva de preços tanto para o feijão preto, quanto para o carioca. Além disso, o preço mínimo estipulado pela Conab para o feijão preto é R$ 110,00/saca e para o feijão carioca R$ 90,00/saca, o que implica em uma certa tranqüilidade para os produtores.

Por: Kellen Severo e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário