DA REDAÇÃO: Câmara dos Deputados aprova MP 619 que permite o uso de agroquímicos nas lavouras em casos emergenciais

Publicado em 26/09/2013 09:06 e atualizado em 26/09/2013 13:26
319 exibições
Câmara dos Deputados aprovou MP 619, que prevê ações para ampliar a capacidade de armazenagem de grão e incentivo às usinas de cana-de-açúcar prejudicadas com a estiagem no Nordeste. Texto também prevê o uso de defensivos em casos emergenciais, entre eles o benzoato de emamectina, para combater a helicoverpa.

Nesta última quarta-feira (25), a Câmara dos Deputados aprovou a MP 619, que prevê ações para ampliar a capacidade de armazenagem de grãos e incentivos as usinas de cana-de-açúcar prejudicadas pela estiagem no Nordeste.

O texto tem ainda uma emenda que permite a importação e o uso de agroquímicos nas lavouras em casos emergenciais. Entre esses agroquímicos está o benzoato de emamectina que havia sido proibido para o controle da lagarta helicoverpa na Bahia (BA) e agora há a previsão de que ele seja liberado.

O Deputado Federal e relator da MP 619, João Carlos Bacelar (PR/BA), afirma que com essa Medida Provisória os parlamentares aproveitaram para corrigir algumas distorções na agricultura brasileira, como a parte de armazenagem junto a Conab, em que está sendo renegociado o débito dos armazéns.

Além disso, o Deputado Bacelar acredita que a medida mais importante para o setor do agronegócio incluída na MP foi dar ao Ministério da Agricultura o poder de decretar emergência para se fazer o controle de pragas: “O Nordeste, especificamente a Bahia, foi extremamente prejudicada porque os produtores tiveram grandes perdas na safra devido à demora dessa intervenção, uma vez que o governo tinha que ouvir várias instâncias e setores para poder tomar essa medida importante para o agronegócio brasileiro”.

Por: Sebastião Garcia e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário