DA REDAÇÃO: Cenário de preços para o boi gordo continua firme

Publicado em 26/09/2013 13:52 e atualizado em 26/09/2013 16:35
417 exibições

Em São Paulo (SP) o preço de referência para o boi gordo está a R$ 108,00/@, mas já a negócios a R$ 110,00/@. No entanto, esse valor ainda não é referência e os frigoríficos não tem esse preço como oferta de balcão.

Segundo o analista de mercado, Alex Santos Lopes, existem boiadas compradas a R$ 110,00/@ reais, mas ainda é um negócio pontual que, aos poucos, vem ganhando volume, porém, com a oferta existente hoje, não é difícil que esse preço vire referência.

Isso vale para todas as praças, mesmo em Goiás (GO), maior estado confinador do país, e Mato Grosso (MT), outro estado onde é cada vez mais expressivo o confinamento de bovinos, não há facilidade para comprar boiadas. Com isso, os frigoríficos têm que pagar mais para conseguir escalar com mais tranqüilidade, a não ser as indústrias que trabalham com boiada a termo, as quais tem um pouco mais de espaço para pressionar o mercado. Porém, de forma geral, não está fácil comprar boi tanto em SP, como em GO ou MT, ou seja, o cenário é altista para toda a região centro-sul do Brasil.

Nesta semana de final de mês a possibilidade para alta da arroba é menor, uma vez que esse é um período ruim para a venda de carne por parte dos frigoríficos, mas, mesmo assim, o mercado está subindo, o que dá uma perspectiva positiva para a próxima semana e para o início do próximo mês. Lopes afirma que em curto e médio prazo não há nenhum cenário que mostre a reversão desse quadro altista.

Por: João Batista Olivi e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário