DA REDAÇÃO: Mercado do boi gordo segue firme com pouca oferta de animais

Publicado em 01/10/2013 12:01 e atualizado em 01/10/2013 16:00
328 exibições
Boi: Pouca oferta de animais ainda dá sustentação ao mercado. Escalas atendem, em média, cerca de cinco dias úteis e negócios acontecem entre R$ 107 e R$ 110,00 por arroba. Alívio na oferta com a chegada de bois de pasto ainda deve levar ao menos dois meses.

Nesta terça-feira (1), o mercado do boi gordo segue firme com preços em torno de R$ 107,00/@ a R$ 110,00/@. A oferta continua enxuta e os animais de confinamento ainda são a maioria na composição das escalas de abate, que também não estão muito longas.

De acordo com Paola Junqueira, consultora da FCStone, no geral as escalas hoje (1) estão até um pouco mais curtas e, mesmo assim, alguns frigoríficos tentaram recuar os preços, mas o mercado se mantém firme.

No entanto, hoje (1) as cotações têm um pequeno recuo na BM&F que se deve a tendência de melhora no consumo no início do mês, a qual ainda não está sendo observada, por isso os futuros precificam esse cenário.

“A oferta de boi de pastos ainda deve demorar cerca de 2 meses, uma vez que quando as chuvas começam as pastagens ainda demoram um pouco para se recuperar e também leva algum tempo para os animais engordarem. Porém, quando os animais de pasto começarem a entrar, isso vai colaborar com as escalas dos frigoríficos, podendo fazer com que os preços recuem um pouco, mas ainda não se sabe quando exatamente isso irá acontecer”, afirma Paola.

Com isso, a tendência para os preços do boi gordo é de firmeza até quando a oferta de animais estiver restrita, a não ser que a carne comece a dar sinais de enfraquecimento.

Por: Carla Mendes e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário