DA REDAÇÃO: Café – Prorrogação das dívidas não é solução para crise no setor, afirma presidente do sindicato rural de Varginha

Publicado em 01/10/2013 13:49 e atualizado em 01/10/2013 16:51
579 exibições
D

Diante da grave crise enfrentada pelos cafeicultores, a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) solicitou a suspensão automática do pagamento das parcelas de crédito rural da cafeicultura por um período de 90 dias. O ofício com o pedido foi encaminhado à Casa Civil da Presidência da República e aos Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e da Fazenda.

Apesar da medida, o presidente do Sindicato Rural de Varginha (MG), Arnaldo Bottrel, destaca que os cafeicultores não acreditam que a renegociação das dívidas seja a solução para a crise do setor. E a grande reivindicação é o direito de renda, já que os preços em algumas regiões estão aquém dos custos de produção. 

“O problema maior é o governo e a falta de ações. Desde janeiro nós reivindicamos medidas de apoio ao setor junto às autoridades, para que a situação não chegasse a esse ponto. O que nos resta é nos unir e cobrar dos dois ministérios as atitudes que já deveriam ter sido feitas anteriormente”, diz Bottrel.

Por: João Batista Olivi/Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Roberto Mesquita Piedade Junior Três Pontas - MG

    Essa sim deve ser a nossa reinvindicação:DIREITO DE RENDA.Parabéns ao Arnaldo por sua incansável luta em prol dos cafeicultores.

    0