DA REDAÇÃO: Paraguai vive bom momento econômico, mas ainda enfrenta dificuldades em relação a exportação e falta de indústrias

Publicado em 04/04/2014 13:13 e atualizado em 04/04/2014 17:05 679 exibições
Soja: Produção crescente na região de Katueté, no Paraguai. Até então foram cinco safras em dois anos. Os principais desafios da região são industrialização e logística.

De Katueté, o diretor do comercial da Cotripar, Bruno Vefago comenta sobre a situação da Soja no Paraguai. No ano passado, o país produziu 9 milhões de toneladas, a quarta maior exportação de oleaginosas. Neste ano, apesar da pequena queda por secas pontuais, o valor é expressivo podendo chegar a 8,8 milhões de toneladas. Vefago atribui esse crescimento econômico às 5 safras de soja e milho realizadas nos dois últimos anos, levando o Paraguai ao 3º maior crescimento do mundo, segundo dados da BBC.

Os principais desafios se referem a logística, em relação a exportação por não ter saída para o mar. Outro desafio enfrentado, é pela falta de indústrias na região, que apesar de oferecer segurança jurídica e rentabilidade, assim como energia e matérias primas. Com isso, não há frigoríficos de aves e suínos para o consumo de soja e milho e dependendo da exportação.

Por:
Kellen Severo // Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário