DA REDAÇÃO: Praga reduz estimativa de produção de laranjas na Flórida

Publicado em 17/04/2014 13:12 e atualizado em 17/04/2014 16:59 432 exibições
Laranja: Produção da Flórida deve apresentar forte queda. Quase 100% dos pomares foram contaminados com pragas, além de ter sofrido com o clima. No Brasil, a situação já é melhor, e segue com possibilidade de crescimento.

O estado da Flórida, nos Estados Unidos, teve uma reestimativa de sua safra de laranja, que passou de 114 milhões de caixas para 110 milhões.  A perda é associada ao grande problema que a região teve com pragas, especificamente com o greening (ou HLB) que afeta já 100% dos pomares, segundo conta o consultor em Citrus da GCONCI, Gilberto Tozatti .  
O grande problema com a praga para o país é não há possibilidades de mudar a região produtiva por causa dos fatores climáticos. Tozatti conta que produtores da Flórida acreditam que a tendência é perder produtividade gradativamente até que se encontre uma solução para o greening. No Brasil existe a incidência da praga, mas a situação é diferente por existir muitas regiões propensas ao cultivo e a possibilidade de migração. 
Com a queda da produtividade nos Estados Unidos, a tendência é de que o Brasil se consolide ainda mais como principal fornecedor de laranjas. O consultor explica que o mercado terá os próximos três ou quatro anos com preços bons, mas ainda é preciso melhorar os custos de produção, que cresce a cada ano e faz com que muitos produtores sejam obrigados a desistir da cultura. 

 

Por:
João Batista Olivi // Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário