DA REDAÇÃO: Prefeito de Faxinalzinho (RS) fala sobre o conflito indígena na cidade

Publicado em 29/04/2014 13:23 e atualizado em 29/04/2014 17:19 281 exibições
Questão indígena: Protesto dos índios no RS, que bloquearam estrada entre Faxinalzinho e Erval Grande, resultou na morte de dois agricultores familiares. Indígenas pedem um aumento da área demarcada e audiência com ministro da Justiça que ainda não ocorreu. Conflito existe na região há 12 anos.

Na noite desta segunda-feira, dia 28 de abril, um protesto de indígenas resultou na morte de dois produtores rurais em Faxinalzinho (RS). Os índios bloquearam a estrada que ligava a cidade até Erval Grande. O prefeito da cidade onde aconteceu o conflito, Selso Pelin, atribui a revolta a audiência pública que estava marcada com o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que acabou não ocorrendo. O conflito existe há 12 anos na região, em que 198 índios vivem em terras do estado e em uma chácara cedida por um produtor rural que aceitou um acordo com os indígenas.  

O prefeito conta que os índios obstruíram a estrada, mas produtores que aguardavam caminhões que entregariam ração para os animais conseguiram abrir passagem. Um pequeno grupo permaneceram na estrada, pois aguardavam familiares que passariam pelo local e foram atacados pelos indígenas, o que ocasionou a morte dos agricultores. 

A população está insegura, por isso aulas e festividades do aniversário do município foram suspensas, segundo informações do prefeito. 

Por:
Kellen Severo // Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário