DA REDAÇÃO: Aulas permanecem suspensas em Faxinalzinho (RS) por questões indígenas

Publicado em 09/05/2014 13:13 e atualizado em 09/05/2014 18:14 315 exibições
Questão indígena: Mais de 700 alunos estão sem aulas na cidade de Faxinalzinho (RS) devido aos conflitos na região. Os indígenas da etnia Kaingang bloqueiam a estrada que liga a cidade a outros municípios. Além disso, autoridades temem que possa ocorrer conflitos entre os alunos indígenas e não indígenas, que utilizam o transporte fornecido pela cidade.

Alunos da região de Faxinalzinho (RS) estão sendo prejudicados em função das questões ligadas aos conflitos indígenas. A região vem sendo marcada por hostilidade, em que dois produtores foram assassinados por indígenas da etnia Kaingang que bloqueavam em protesto uma das estradas. Com o cancelamento da visita do Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, os índios voltaram a bloquear a passagem na estrada que liga Fazinalzinho a Benjamin Constant do Sul. 

Como forma de prevenção aos conflitos que poderiam ocorrer, a prefeitura decidiu suspender as aulas até que haja uma solução apropriada. O Secretário Municipal de Educação de Faxinalzinho, Francimar de Andrade, explica que há uma preocupação com a situação que os conflitos podem interferir no convívio entre alunos índios e não-índios, principalmente durante o transporte. 

Acontecerá uma reunião na próxima terça-feira (13), em que será debatido se será mantido as suspensão das aulas. Andrade acredita que a volta as aulas poderá não acontecer, pois o clima é de tensão entre os moradores.

Por:
João Batista Olivi // Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário