DA REDAÇÃO: Produtores brasileiros devem tomar cuidado com a Diarreia Epidêmica Suína

Publicado em 19/05/2014 13:34 e atualizado em 19/05/2014 15:27 221 exibições
Suínos: Diarreia epidêmica dos suínos (PED) preocupa produtores brasileiros. A doença reduziu os plantéis americanos em 7%, visto que seu grau de mortalidade é muito grande. A doença é causada por um vírus resistente que é eliminado pelas fezes. No Brasil, não há nenhum registro, mas autoridades estão em alerta pelo grande número de visitantes que irão visitar o país na Copa do Mundo e que podem trazer o vírus.

Em entrevista para o Mercado & Cia., do Canal Rural, a pesquisadora da Embrapa Suínos e Aves, Janice Zanella, alerta para a prevenção contra a entrada da Diarreia Epidêmica Suína no Brasil, que está acabando com planteis sobretudo nos Estados Unidos, no Canadá e no México.

Segundo a pesquisadora, o vírus, de alta mortalidade, pode ser transmitido em qualquer situação de proximidade de rebanho - como o transporte de animais em caminhões. "Se ocorrer o primeiro caso no Brasil, a disseminação será rápida", avalia.

Apesar de nenhum caso positivo no Brasil, o vírus preocupa e traz mais perguntas do que respostas aos pesquisadores. Em leitões de 2 primeiras semanas de vida, as chances de moralidade são de 100%. No caso dos leitões que sobrevivem, os animais ficam reclusos, com menor absorção de alimentos.

Com a proximidade da Copa do Mundo no Brasil, os produtores devem ficar alertas com a visita de produtores estrangeiros em suas propriedades. A recomendação é separar uma troca de roupa para estes visitantes e recomendar que estes façam um vazio sanitário de 4 a 5 dias.

Por:
João Batista Olivi // Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário