DA REDAÇÃO: Notícias relacionadas ao clima mantém mercado volátil em Chicago

Publicado em 23/06/2014 14:03 e atualizado em 23/06/2014 16:46 463 exibições
Soja: Chuvas no meio oeste americano trouxeram preocupações e o mercado se mantém bastante volátil. Notícias de clima devem influenciar cada vez mais, e já são esperadas chuvas para a colheita da nova safra. Demanda Chinesa se mantém muito forte.

As notícias ligadas ao clima têm influenciado o mercado em Chicago, que está a espera de uma grande safra americana no segundo semestre. Nesta segunda-feira (23) as chuvas no noroeste do cinturão americano de grãos, principalmente nos estados de Iowa e Minnesota, manteve o mercado volátil. O analista da Jefferis, Vinicius Ito, conta que as cotações passaram por momentos de baixa e de alta e que está buscando o equilíbrio. 

O analista comenta que o mercado está atento as alterações climáticas. A aproximação do el ñino pode trazer mudanças para os preços do óleo vegetal na Ásia, pois poderá ocasionar um período de escassez de chuvas no sudeste da China, região produtora. Já para os Estados Unidos, está previsto um período maior de chuvas no momento da colheita da nova safra, mas por outro lado diminui os riscos de geadas durante o ciclo produtivo. 

Ito também falou sobre a demanda Chinesa, que se mantém firme. O mercado estima que para o mês de junho o país importou cerca de 7 milhões de toneladas, um número recorde para o período. Por outro lado, a estimativa oficial é de 4 milhões de toneladas. Em relação a compras, haviam realizado uma pequena parada devido as cotações mais elevadas, mas com o movimento de baixa voltou ao período de compras.

O mercado também especulou que a China teve uma demanda para o Brasil, e os portos brasileiros podem ter realizado o embarque de 8 a 10 cargos de soja com destinos ao país. 

Por:
João Batista Olivi // Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário