DA REDAÇÃO: incertezas sobre a safra de café arábica 2015 devem impulsionar cotações altistas

Publicado em 16/07/2014 18:58 e atualizado em 17/07/2014 11:07 650 exibições
Café: mercado pressionado em NY com sentimento de tranquilidade em relação à entrada da produção brasileira e uma demanda curta com boa parte das indústrias estocadas. Mas expectativa é de mudança no cenário com a volta das especulações sobre o tamanho da próxima safra no Brasil e problemas com El Niño nas lavouras da Ásia.

O mercado de café arábica continua volátil na Bolsa de Nova Iorque (Ice futures US). Em entrevista ao apresentador do Mercado & Companhia, João Batista Olivi, o analista do Safras & Mercado, Gil Barabach, disse que o cenário está um pouco diferente do previsto. “Nós tínhamos a impressão de que o mercado ia construir um fundo na média de U$1,70 e em médio prazo dar uma esticada altista, só que ele caiu mais um pouco”, explicou ele.

Para Gil, esse novo panorama se deve a curta demanda por conta das férias de verão nos Estado Unidos e pelas indústrias relativamente abastecidas. “O que pode vir a movimentar o mercado agora são as incertezas sobre a produção 2015 e um “susto” de abastecimento caso a quebra na próxima safra for confirmada”, detalhou o analista.

Um outro fator que pode ser preponderante na movimentação do mercado segundo ele, é o fenômeno climático El Niño, que pode chegar no último trimestre deste ano. 

Por:
João Batista Olivi e Talita Benegra

0 comentário