DA REDAÇÃO: Frangos ganham mais peso e trazem excesso de produto ao mercado

Publicado em 21/07/2014 13:26 227 exibições
Frango: Excesso de oferta, ocasionado pelo aumento do peso dos animais, trouxe redução nos preços. Houve uma redução de consumo, possivelmente impulsionado pelo período de férias e fim da Copa do Mundo. Para o segundo semestre, há expectativa de retomada por, historicamente, ser um período de maior consumo.

Com um inverno não tão rigoroso, os frangos ganharam mais peso, fazendo com que o mesmo número de aves abatidas produzisse mais carne do que nos meses anteriores. De acordo com Èrico Pozzer, presidente da Associação Paulista de Avicultura, este é um fator que justifica os preços mais baixos pagos ao produtor, uma vez que há um maior excesso de produto no mercado.

No entanto, o período também é de movimento mais calmo nos açougues e nos supermercados. Pozzer acredita que, assim como em 2013, após as Manifestações de Junho, o período esteja caracterizado por uma ressaca pós-Copa, com tendência de melhora com o retorno das aulas em agosto. Mesmo assim, o preço praticado no momento é considerado o melhor dos últimos 12 meses para o consumidor, mas tende a melhorar, uma vez que a queda do preço do milho e da soja deve refletir nos custos de produção nos próximos meses.

O frango, por sua vez, continua sendo a proteína mais barata nos pontos de venda. O bom cenário de exportação para bovinos e suínos faz com que estas carnes mantenham preços maisores no mercado, o que beneficia o frango mesmo com as altas margens do varejo. A esperança, para Pozzer, é que o consumidor volte a consumir 45kg per capita, assim como ocorreu em 2011.

Por:
João Batista Olivi // Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário