DA REDAÇÃO: Chineses querem investir em modelo vertical de gestão nas ferrovias brasileiras

Publicado em 31/07/2014 13:13 e atualizado em 31/07/2014 17:59 434 exibições
Logística: O que os chineses querem em troca de 6 ferrovias que eles pretendem construir no Brasil? Investidores chineses prometem recursos para as ferrovias brasileiras, para facilitar o escoamento dos grãos ao seu país. Mas pretendem implantar um modelo de administração que teria apenas uma empresa gestora (chinesa), e não é aceito pelos brasileiros, por haver risco de monopólio.

Durante a visita ao Brasil, o presidente da China, Xi Jinping, demonstrou a sua vontade em investir nas ferrovias brasileiras, como forma de facilitar o escoamento de grãos com destino a Ásia. Edeon Vaz Ferreira, coordenador executivo do Movimento Pró-Logístico, explica que a notícia é boa, mas o modelo desejado pelo governo chinês ainda não atende à necessidade dos produtores brasileiros.

Segundo Ferreira, o atual modelo de gestão foi instaurado durante o governo FHC, em que apenas uma empresa possui a concessão e mantém o direito de transporte na ferrovia. Exatamente o mesmo modelo que almeja o governo de Xi Jinping. Com isso, o governo brasileiro negocia uma proposta horizontal, em que permitiria a entrada de vários gestores.

A intenção prioritáriada China é investir na Ferrovia de Integração Centro-Oeste (FICO), que liga Campinorte (GO) a Lucas do Rio Verde (MT). Além disso, Ferreira conta que eles pretendem negociar com o governo de Peru para estender a ferrovia até o país. As expectativas é que no segundo semestre já haja anúncio de licitações sobre a questão. 

Por:
João Batista Olivi // Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário