DA REDAÇÃO: Café – Bolsa de NY mostra sinais de consolidação; No ES lavouras de conilon devem garantir boa produtividade

Publicado em 28/08/2014 14:10 e atualizado em 28/08/2014 16:11 604 exibições
Café: Mercado passa por processo de acomodação, com ganhos expressivos nos últimos 20 dias, devido à insegurança climática. No Espirito Santo, já houve floradas significativas, demonstrando que a região não está sendo tão afetada por estes fatores como em outras áreas produtoras.

O mercado de café nos últimos 20 dias vem passando por um processo de acomodação com volatilidade e ganhos expressivos devido à insegurança climática para as principais regiões produtoras do Brasil.

Segundo o analista de mercado, Marcus Magalhães, apesar do mercado operar no campo misto hoje (28), as cotações parecem adotar uma postura de consolidação. “Há 20 dias atrás o mercado trabalhava orbitando em US$ 1,80 e US$ 1,85 por libra peso e no dezembro ele está ao redor de US$ 2 por libra peso. Então houve um ganho representativo em função da insegurança climática e seus desdobramentos no que se refere as floradas precoces que ocorreram em importantes regiões produtoras de Minas Gerais e o mercado busca consolidar os US$ 2 por libra peso em Nova York e ter assim uma maior consolidação”, disse.

Ainda segundo o analista, a situação no Espírito Santo é diferente da apresentada pelas lavouras de arábica na região Sudeste do Brasil. “O Espírito Santo no conilon tem mostrado uma pujança e carinho muito grande com a cultura e promete uma safra interessante para o ano que vem. Aqui temos uma regularidade climática grande, com lavouras bonitas em importantes regiões produtoras”, afirmou o analista em entrevista ao programa Mercado & Cia, apresentado por João Batista Olivi.

Por:
João Batista Olivi // Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário