DA REDAÇÃO: Setor Sucroenergético – Usinas começam a demitir funcionários com a falta de matéria-prima e receita

Publicado em 02/09/2014 19:07 e atualizado em 03/09/2014 14:07 182 exibições
Setor Sucroenergético: A seca no Estado de São Paulo causou uma queda brusca de produtividade da cana-de-açúcar. Com isso, os preços estão mais elevados e algumas usinas começam a demitir funcionários sem matéria-prima e receita.

A seca prolongada no Estado de São Paulo está afetando o setor sucroenergético, com queda na produção e demissão de funcionários das usinas sem  sem matéria-prima e receita.

De acordo com o  Presidente da Associação dos Fornecedores de Cana de Orindiúva-SP, Roberto Cestari, as empresas estão precisando demitir funcionários com os preços mais elevados. "Na semana passada, tivemos a demissão de mais de 2.500 funcionários de um único grupo que não teve condição de absorver a folha de pagamento", disse Cestari em entrevista ao programa Mercado & Cia, apresentado por João Batista Olivi.

A cidade de Orindiúva-SP tem cerca de cinco mil habitantes e boa parte da população trabalha no setor.

Apesar da demissão, segundo o Presidente da Associação, as empresas ainda estão conseguindo honrar seus compromissos com fornecedores. "Por se tratar de uma Associação Regional, todas as usinas que integram ela estão em ordem com os pagamentos. Mas esse preço que o produtor recebe não remunera o custo de produção, principalmente, os saldos que vem acumulando nas últimas duas safras e que vem se arrastando com dívidas".

 

 

Por:
João Batista Olivi // Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário