DA REDAÇÃO – Café: Apesar de chuvas, Sul de Minas tem mês de novembro com precipitação abaixo da média

Publicado em 15/12/2014 16:57 e atualizado em 16/12/2014 11:41 344 exibições
Chuvas voltam ao Sul de Minas mas ainda em volumes abaixo da média e déficit hídrico continua elevado para os cafezais.

As chuvas já voltaram ao Sul de Minas Gerais. De acordo com informações reportadas pela Reuters na sexta-feira passada, o Estado terá precipitação acima da média durante o período de 10 a 15 dias, o que cria condições favoráveis para o desenvolvimento da safra 2015/16.

Porém, de acordo com o técnico da Procafé, Rodrigo Naves Paiva, o volume de chuvas na região no mês de novembro ainda foi abaixo da média. “Na região de Varginha-MG registramos precipitações irregulares e abaixo da média, o normal seria 178 mm e nós tivemos chuvas em torno de 117 mm. Portanto, o índice de déficit hídrico continua elevado”, afirma.

O técnico da Fundação pondera que algumas cidades já não apresentam elevado déficit como meses atrás, mostrando a irregularidade das chuvas. No entanto, a estiagem registrada desde o início do ano na região nunca foi vista e fatalmente perdas para a próxima temporada serão registradas.

“As plantas tiveram baixo crescimento de ramos e consequentemente menor florada. O ‘pegamento’ também foi ruim porque a lavoura estava debilitada, com isso a produção para o ano seguinte será menor”, explica Paiva.

No mês de dezembro, se as chuvas continuarem a média histórica pode ser atingida. “As cidades produtoras tiveram dois períodos de chuvas com precipitação em torno de 130 mm neste mês. A média histórica para dezembro é de 260 mm”, diz.

No entanto, segundo o técnico, mesmo chovendo mais nos últimos dias as perdas não serão revertidas. “A chuva evita mais perdas e também faz com que a planta se desenvolva para a próxima safra e os produtores consigam fazer os tratos culturais, mas recuperar o que foi não dá mais”, pondera Paiva.

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário