EXCLUSIVO: Governo realiza ainda nesta semana novos leilões

Publicado em 16/11/2010 13:37 e atualizado em 16/11/2010 16:05
640 exibições
Milho: Governo faz leilão de 318 mil toneladas na quinta-feira, mas avisa que possui mais de 6 milhões de tons. nas mãos. Leilões de feijão seguem a mesma estratégia. No trigo o objetivo é garantir pelo menos o preço mínimo.


O Governo fará nesta próxima quinta-feira (18) um leilão de venda de milho, onde ofertará 317,7 mil toneladas do grão dos estoques governamentais de sete estados. O objetivo é tatear a necessidade de abastecimento as indústrias de processamento e produtores de suínos e aves, que se viram em prejuízo após a alta no mercado interno.

 

Silvio Farnese, coordenador-geral de cereais e culturas anuais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), explica que a intenção não é pressionar os preços atuais do mercado, já que durante este ano, promoveu leilões para escoamento do cereal que ajudou ao produtor conseguir garantir ao menos do valor mínimo para a sua saca, estipulado pelo Governo.

 

Ele lembra que ainda existe mais de seis milhões de toneladas nas mãos do Governo, suficientes para abastecer a população por mais dois meses, bem como, há milho retido de outras safras em posse do cerealista.

 

Feijão e trigo

A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) deve realizar outros leilões ainda este mês para o feijão e trigo. No caso do feijão, Farnese conta que este ano as safras foram muito apertadas, pois o produtor virou o ano desiludido com os preços pelos quais recebia. Seus leilões seguem a mesma estratégica no milho.

 

Quanto ao trigo, será realizado um leilão de PEP (Prêmio para Escoamento do Produto) já que após a colheita do cereal no Sul do país, a comercialização está parada. O Governo pretende ao menos garantir o preço mínimo aos triticultores.

Por: João Batista Olivi e Juliana Ibanhes
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário