EXCLUSIVO: Tragédia no Japão não traz consequências diretas para as exportações brasileiras de carne bovina

Publicado em 16/03/2011 12:45 e atualizado em 16/03/2011 14:17 1577 exibições
Boi: tragédia no Japão não afeta diretamente as exportações brasileiras mas pode provocar uma mudança no cenário internacional. Os EUA diminuiriam as importações em função de uma possível sobra de carne em seu mercado interno.

A tragédia no Japão não está afetando diretamente as exportações brasileiras do boi gordo, já que o país não é importador direto da carne brasileira.
Já os EUA diminuiriam suas importações em função de uma possível sobra de carne em seu mercado interno, o que poderia causar uma mudança no mercado internacional.  "Mas, eu não vejo isso alterando os preços de exportação dos cortes brasileiros", diz Élio Micheloni Jr, corretor da Icap Consultoria.


No mercado interno ainda não há grandes novidades. A oferta continua baixa e as escalas não avançam. Os preços estão firmes e já chegam a R$ 98,00, a vista e R$ 100,00 a prazo no Mato Grosso. São Paulo também mantém uma estrutura de preço forte, em torno de R$ 104,00 a R$ 106,00 a vista.

 

Élio diz que a oferta poderá aparecer entre os meses de abril e maio e os preços podem recuar "Mas, não acreditamos que seja uma oferta a ponto de derrubar mercado", acredita.


As expectativas são de um mercado sustentado com possíveis registros de altas dos preços já que os frigoríficos não estão encontrando o volume de oferta suficiente para atender as necessidades.

Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário