EXCLUSIVO: Venda de carne no Dia das Mães fica aquém das expectativas; pressão baixista deve continuar ao longo da semana

Publicado em 09/05/2011 12:56 e atualizado em 09/05/2011 17:00 540 exibições
Boi: consumo de carnes no dia das mães frustra frigoríficos e pressão por preços menores para a arroba deve aumentar esta semana. Inflação nos primeiros meses do ano estaria compromentendo poder de compra do consumidor.

O consumo de carne bovina no Dia das Mães frustou as expectativas do mercado. O resultado das vendas dos frigoríficos ficaram bem aquém do que se esperava, com a sobra de carnes nas câmaras. "As expectativas agora ficam em cima do recebimento salarial. Ainda poderemos ter vendas melhores nesta semana", acredita o consultor da Icap Corretora, Élio Micheloni Jr.

  
Com o ocorrido, os frigoríficos devem manter a pressão de baixa para os valores da arroba, o que já vinha acontecendo nas últimas semanas.
A oferta apresentou um leve aumento e a demanda segue abaixo do esperado, o que reflete no recuo das cotações de um modo geral. Hoje em São Paulo, os preços giram em torno de R$ 99,00 em média, contra os R$ 102,00 praticados dez dias atrás.


Para Élio, a inflação nos primeiros meses do ano estaria compromentendo o poder de compra do consumidor hoje.  O consultor acredita que a não há fatores que motivem uma oferta a um preço mais baixo, inclusive porque o preço do bezerro da reposição segue rezoavelmente estável.

Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário