EXCLUSIVO: Rizicultores enfrentam momento crítico com aumento de oferta e falta de competitividade para exportação

Publicado em 26/05/2011 11:43 e atualizado em 26/05/2011 13:37 436 exibições
Arroz: oferta maior que consumo e falta de competitividade para exportar o produto estão deixando o produtor sem saída para a comercialização da safra 2010/2011. Preços estão muito abaixo dos mínimos estipulados pelo governo.

A situação é crítica para os rizicultores brasileiros. O excesso de arroz no mercado está achatando os preços pagos aos produtores. Ainda há estoques relativamente elevados nos armazéns do setor privado, um  baixo interesse nos mecanismos de comercialização proporcionados pelo governo federal e uma falta de competitividade para a exportação do produto com os altos custos de produção, o que acaba  deixando o produtor sem saída para a comercialização da safra 2010/11.

Como reflexo dessa situação, o mercado está pagando de R$ 19,00 a R$ 20,00 a saca de arroz, valor abaixo do preço mínimo fixado pelo governo.

Para o consultor da Agroplan, Marlon Figueiredo Marques, a solução para o mercado a curto prazo seria a prorrogação das dívidas de cuteio bancário por parte do governo.

Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário