EXCLUSIVO: Preços da mandioca seguem mais estáveis com redução de oferta

Publicado em 06/06/2011 11:51 e atualizado em 06/06/2011 15:38 368 exibições
Mandioca: preços estabilizam com redução da oferta em função da falta de chuva e das fortes quedas nas cotações das últimas semanas. Em maio, a tonelada recuou mais de 13%.

Os preços da mandioca seguem mais estáveis após semanas seguidas de desvalorização da raiz no mercado. De acordo com o pesquisador do Cepea, Fábio Isaías Felipe, no mês de maio, a tonelada recuou mais de 13%. Já a queda na última semana não foi tão acentuada, em torno de 0,9%. Hoje, o preço médio está cotado a R$ 183,84 por tonelada.

A perda do movimento de baixa é resultado da menor oferta nas regiões produtoras, em função principalmente da falta de chuva e dos menores preços de venda, que têm feito produtores se afastarem e prorrogarem a colheita.


O pesquisador explica que a partir de maio deve haver uma diminuição no ritmo de oferta, que deve permanecer nos próximos períodos.  "Em meados de setembro essa oferta volta a ser elevada novamnte", acredita.


Fábio conta também que a demanda pela fécula de mandioca já apresenta uma leve recuperação e isso de certo modo deve influenciar as cotações no curto prazo. "Melhorando o mercado de derivados, acaba sendo um sinal positivo  para que os preços da raiz também tenham um ligeiro acréscimo", conclui.

Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário