EXCLUSIVO: Mesmo com a diminuição da oferta, demanda fraca por carnes impede recuperação dos preços

Publicado em 07/06/2011 12:48 e atualizado em 07/06/2011 14:47 626 exibições
Boi: apesar da redução na oferta de animais nos últimos dias, preços da arroba não reagem. A demanda fraca por carnes impede frigoríficos de aumentarem suas ofertas pelos bois. Cotações não devem reagir no curto prazo.

Mercado do boi gordo continua lateral neste início de semana. Apesar do registro de diminuição da oferta de animais, não houve reação dos preços da arroba. A pressão ainda é grande por parte da indústria, que não prevê a recuparação da demanda no curto prazo.

A analista da Indusval Corretora, Renata Fernandes, diz que não acredita que este movimento de diminuição de oferta já é o reflexo de um pico de safra a caminho do período de entressafra "Eu acredito no poder de safra e teoricamente aí, com o avanço de seca e da frente fria está degradando ainda mais as pastagens, ainda existe uma oferta por vir", acredita.

Renata também explica que, se o mercado continuar estával nas primeiras semanas de junho, pode ser que exista um movimento por parte dos pecuaristas que vem segurando a oferta por acreditarem na recuperação do mercado a partir a segunda quinzena do mês "Isso de repente atrasaria o movimento de pico de safra. Pode ser que na segunda quinzena a gente tenha uma oferta um pouco maior", comenta.


Para Renata, ainda não deve ocorrer uma inversão do mercado "Acho que, enquanto não tiver essa inversão de demanda, o mercado deve continuar pressionado". conclui.

Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário