ENTREVISTA: Confira a entrevista com Telmo Heinen - Consultor em Comercialização

Publicado em 22/06/2011 14:06 1147 exibições
Plano Safra: limite para financiamento é reduzido por produtor. Apesar de aumento no investimento do Governo, agricultor que trabalha com várias culturas não terá mesmo valor concedido de anos anteriores.

1 comentário

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    O MCR 3-2-5 baseado na Resolução 3865 de 10 de junho de 2010 dizia o seguinte:

    Item 5 - O montante de créditos de custeio ao amparo de recursos controlados, para cada tomador, não acumulativo, em cada safra e em todo o Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), fica sujeito aos seguintes limites e critérios: (Res 3.865 art 1º) (*)

    a) R$650.000,00 (seiscentos e cinquenta mil reais) para algodão, frutas ou milho, ou para lavouras irrigadas de arroz, feijão, mandioca, soja, sorgo ou trigo; (Res 3.865 art 1º)

    b) R$500.000,00 (quinhentos mil reais) para amendoim ou café ou para lavouras não irrigadas de arroz, feijão, mandioca, soja, sorgo ou trigo, sendo que, para o café, consideram-se nesse limite os valores de financiamentos tomados pelo mutuário na mesma safra com recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) destinados a tratos culturais (MCR 9-2) e colheita (MCR 9-3); (Res 3.865 art 1º)

    c) R$275.000,00 (duzentos e setenta e cinco mil reais) para cana-de-açúcar, pecuária bovina e bubalina leiteira ou de corte, e para avicultura e suinocultura exploradas em sistemas que não o de parceria; (Res 3.865 art 1º)

    d) R$200.000,00 (duzentos mil reais) para os demais custeios. (Res 3.865 art 1º)

    "Não acumulativo" significa que os 650 mil do item a) podiam ser repartidos entre as culturas ali citadas.

    Além disto haviam seis (6) hipóteses de incremento do valor, utilizáveis no máximo três (3) elegíveis entre uso do Seguro Rural, BM&F, Reserva Legal, Produtos Orgânicos, Produção de Sementes Básicas e Inegração Lavoura/Pecuária valendo 15% cada, máximo utilizável 45%. Pelo Plano Safra 201/12 no item 2.2 da página 30 está escrito que foi UNIFICADO por CPF para 650 mil reais. Melhorou?

    0