DA REDAÇÃo: Preços do cacau contrariam fundamentos de superávit de oferta e trabalham em cenário positivo

Publicado em 13/07/2011 12:19 e atualizado em 14/07/2011 10:25 284 exibições
Cacau: cotações no mercado internacional contrariam fundamentos e se mantém firmes. No Brasil, situação dos preços é mais complicada por causa do dólar desvalorizado.
Os preços do cacau contrariam os fundamamentos e se mantém firmes no mercado internacional. Baseado na situação de oferta que apresenta um superávit da ordem de 4 milhões na produção total neste ano, o mercado teria motivos para recuar e não para manter a firmeza dos preços como ocorreu nos últimos dias.

No cenário internacional, o produtor brasileiro vive um bom momento mas, não consegue ter uma rentabilidade adequada por sua produção no mercado interno, que segue especulado. Os preços seguem desvalorizados no físico, cujos preços da arroba oscilam hoje em torno de R$ 76,00 a R$ 78,00, valores bem aquém dos praticados no ano passado quando a arroba era comercializada nos patamares de R$ 100,00.

De acordo com o analista do Mercado Internacional do Cacau, Thomas Hartmann, o mercado interno sofreu uma quebra de safra neste ano e o principal fator de desvalorização dos preços foi questão da taxa cambial. "O dólar baixo supervaloriza o real, que  está deprimindo os preços. Por isso que caíram bastante em relação ao ano passado", comenta.  Segundo Hartmann, a safra brasileira foi prejudicada neste ano também, principalmente em função da quebra de produção no estado da Bahia e Espírito Santo, ocasionando a retração de 20 a 25% do total da produção interna em relação ao ano passado.

Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário