GEADA: Frio de 1°C atinge sul de Minas Gerais e perdas no café podem chegar a 15%

Publicado em 05/08/2011 11:56 e atualizado em 08/08/2011 08:03 1606 exibições
Armando Matielli relata como foi a geada no Café do sul de MG nesta madrugada (05/08). Região ao sul do estado e baixadas foram as mais atingidas, perdas podem ser de mais de 15%.
As quedas bruscas de temperaturas dos últimos dias modificaram a paisagem e ocasionaram fortes geadas principalmente  na região de Gauxupé, no Sul de Minas Gerais, nesta madrugada do dia 5. Boa parte das plantações de café do Estado ficou comprometida, porém ainda não existem dados oficiais para comprovar a dimensão das perdas.

O presidente executivo da Sincal, Armando Matielli, estima que em torno de 10 a 15% da produção foi danificada com a queimada das floradas. "Não só as geadas, mas as baixas temperaturas (de até 1 grau)  vão interferir na parte vegetativa, na formação do ácido indolacético, (AIA) que provoca o desenvolvimento dos ramos, e na florada", comenta. As áreas mais atingidas foram as localizadas em baixadas onde há maior acúmulo de ar frio.

Com as estimativas de menor safra para a cultura no Brasil,  juntamente com os efeitos das baixas temperaturas, Matielli acredita que os preços do café podem explodir.

Por:
Daniel Olivi e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

4 comentários

  • Flavio Garbin Filho Piumhi - MG

    Em Piumhi a temperatura variou de 0 a 4 graus, as baixadas foram fortemente atingidas, lugares mais altos como ao redor da rodovia que liga Piumhi a São Roque de Minas também foram afetados. Os estragos são grandes, hoje pela manhã já se começa a ter uma idéia melhor do que foi comprometido. Certamente mais de 10% dos botões florais foram "queimados" pelo vento frio dando ao entender uma geada de capote. Realmente o café é muito barato pelo risco que corremos.......

    0
  • DJALMA JOSÉ DO ESPIRITO SANTO machado - MG

    Em Machado na região da divisa com Alfenas a geada foi bem intensa ,assustando varios produtores que não preocupavam mas com ela,a seca ja prolongada e agora a geada forte comprometem em muito a produção da proxima safra, falta um levantamento tecnico para que se possa calcular a area atingida e assim podermos pedir auxilio aos governantes

    0
  • RONY HENRIQUE LEITE Cabo Verde - MG

    Em Cabo Verde a geada foi a mais forte desde 1994, atingindo altitudes consideráveis, as pastagens estão todas requeimadas pelo gelo, houve formação de gelo sobre casas e veículos, a minima regisatrada na madrugada foi de -0,4°C ( fonte Defesa Civil) as lavouras de café foram consideravelmente atingidas sendo que diretamente pelo gelo estima-se algo entre 10% porém o vento gelado pela manhã causará sérias requeimas aos galhos jóvens e botões florais é certo afirmar que teremos uma substancial redução na produção do próximo ano.

    0
  • Petronilha Batista Muzambinho - MG

    A cada dia temos melhores informações neste site, a geada foi muito forte nas cidades de Areado e Cabo Verde a geada foi a maior de dez anos, estamos levantando os prejuizos, houve queima forte, e estamos apreensivos sobre uma segunda geada, seria possivel agora pela manhã uma entrevista com algum meteorologista? Mais uma vez agradecemos, e parabens pelo novo jornalista, qual o nome deste mais novo parceiro do agronegocio?

    0