DA REDAÇÃO: Maior oferta de confinados e demanda fraca pressionam mercado do boi gordo

Publicado em 16/08/2011 13:03 e atualizado em 16/08/2011 14:27 543 exibições
Boi: oferta de animais confinados aumenta e pressão nos preços da arroba devem continuar. No entanto, mais do que oferta, o que vai ditar o mercado é a demanda por carnes. Por enquanto, exportações não decolam e no mercado interno , o consumo se mantém estável.
A oferta de animais confinados aumenta e a pressão nos preços da arroba do boi gordo continua. Cerca de 80% dos frigoríficos já iniciaram a segunda-feira com escalas montadas na semana passada. Desta forma, muitas indústrias saíram das compras na expectativa de que a pressão de baixa consiga reduzir os preços para então voltarem a negociar. Em São Paulo, a média de preços gira em torno de R$ 98/@, à vista e no Mato Grosso do Sul cerca de R$ 93/@, à vista.

Mais do que a oferta, o que dita o tom do mercado hoje é a demanda fraca por carnes. Por enquanto, exportações não decolam e no mercado interno segue lateral, com consumo mais estabilizado em função da época do mês.

Para a analista da Indusval Corretora, Renata Fernandes, ainda que haja expectativa de maior volume de confinados neste ano, a oferta não deve ser suficiente para pressionar as cotações de forma significativa. No médio prazo, com a atenção voltada para cenário macroeconômico, se houver calmaria mercado, há condições para novos reajustes "O mercado seguiria com poder de sazonalidade elevado, ou seja, entressafra com cara de entressafra", comenta.

Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário