DA REDAÇÃO: CBOT opera em alta com expectativa pelo relatório do Pro Farmer

Publicado em 26/08/2011 13:31 e atualizado em 26/08/2011 17:54 432 exibições
Grãos: sem pacote de ajuda para economia dos Estados Unidos, cotações focam nos fundamentos climáticos para operar com forte alta em Chicago nesta sexta-feira. Mercado precifica relatório do Pro Farmer que sairá no final do pregão.
Bolsa de Chicago registra alta, mesmo após o discurso de Ben Bernanke em que não foram anunciadas medidas de estímulo econômico. Para o analista de mercado Daniel D’Avilla, o mercado já estava pessimista quanto à Bernanke, esperando por “algo pior do que foi dito”.

Porém, as outras determinantes como o relatório do Pro Farm, que sai após o fechamento do mercado desta sexta-feira, vem com expectativa de redução tanto na lavoura de milho, como da soja. A alta do dia seria uma antecipação do mercado aos resultados desse relatório.

Os fundamentos climáticos nos Estados Unidos, com o verão severo no meio oeste, de indiana a Illinois (principais produtores de soja e milho) e o inverno mais seco e quente desde 1955, devem gerar baixa produção.

D’Avilla conclui que, hoje, seria melhor ao produtor vender, mas não tudo. Isso porque, há chance de que, após o relatório, o mercado esteja mais forte na próxima semana. Mas grandes altas não devem ser realidade. Se houver, não conseguirão manter-se por muito tempo nesses patamares.

Por:
João Batista Olivi e Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário