DA REDAÇÃO: Preço médio do leite segue firme com clima adverso para captação no sul do país

Publicado em 01/09/2011 11:17 e atualizado em 01/09/2011 14:53 309 exibições
Leite: Mercado segue estável com desaceleração de oferta devido à entressafra e a leve quebra na produção no Sul do país afetada, principalmente, por problemas climáticos. Somente em agosto houve valorização de 18% para o produtor e previsão é de que os preços permaneçam estáveis.
A oferta de leite que ficou relativamente estável em julho, em função do clima desfavorável no Sul e também à entressafra no Sudeste e Centro-Oeste, sustentou os preços em agosto.

Segundo a pesquisadora do Cepea, Aline Barroso Ferro, o valor médio pago aos produtores em agosto teve leve aumento de 0,6% frente ao pagamento de julho. O valor foi 18% superior ao do mesmo período do ano passado. O motivo para o menor ritmo de aumento foi o clima desfavorável na região (geadas e frio intenso), que prejudicou a produção de pastagens.

Ainda de acordo com a pesquisadora, os custos dos insumos teve um considerável aumento no período de junho de 2010 ao mesmo mês de 2011. O farelo de soja apresentou uma elevação de 15% e o milho de 50% no período. "Isso acaba pesando bastante nos custos da atividade leiteira, visto que a alimentação concentrada, formada basicamente por esses dois itens, chega a representar cerca de 40% do custo do produtor", comenta.

Para o próximo mês, a maioria dos agentes entrevistados pelo Cepea esperam estabilidade para os preços. A oferta deve ficar estável no sudeste e centro-oeste, em função do período de entressafra. "Já a oferta no sul depende um pouco do clima em cada estado", conclui.

Por:
Ana Paula Pereira e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário