DA REDAÇÃO: Valorização do dólar frente ao real possibilita aumento na exportação brasileira

Publicado em 23/09/2011 15:34 e atualizado em 26/09/2011 15:09 439 exibições
Algodão: cotações se recuperam após semana turbulência no mercado financeiro e ganha 2 cents para outubro em N. York nesta sexta-feira. Valorização do dólar e aumento na oferta interna do Brasil possibilita ao cotonicultor exportar seu produto e garantir renda.

 

A turbulência no mercado financeiro internacional assombrou todo o complexo de commodities agrícolas durante toda a semana. Nesta sexta-feira (23), o cenário não foi diferente, mas ao algodão, uma recuperação favorável de 2 cents para o vencimento outubro na Bolsa de Nova Iorque, somado a valorização do dólar frente ao real, abre paridade na exportação para os produtores brasileiros.

Para Élcio Bento, analista da Safras e Mercado, o mercado doméstico do Brasil ainda se mostra tímido diante dos altos preços deste segundo semestre e, com oferta da fibra colhida na safra de inverno, a demanda cada vez mais enfraquece.

Ainda não é possível afirmar o futuro do câmbio junto ao temor que o mundo enfrenta sobre uma recessão na economia mundial. Porém, Bento avalia que a realidade que o mercado do algodão enfrentará é de pressão na oferta com a colheita da safra dos Estados Unidos e do Paquistão – que já registram perdas por questões climáticas – entre setembro e dezembro pode justificar uma retração no movimento de exportação.

Para o brasileiro, vale continuar atento ao cenário macroeconômico e se alertar para a variação do dólar frente ao real somado às cotações internacionais para participar dos negócios e garantir renda já que as exportações passarão a ser referência para a formação de preços externos.

Por:
Juliana Ibanhes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário