DA REDAÇÃO: Crise financeira européia afeta principal importador do suco de laranja brasileiro

Publicado em 27/09/2011 14:16 e atualizado em 27/09/2011 18:23 393 exibições
Suco de Laranja: pressão negativa com incerteza na crise financeira da Europa derruba consumo e mercado em N. York. Apesar de não acompanhar a Bolsa, físico também está pressionado para baixa com excesso de oferta na safra colhida do Brasil.
Suco de laranja registra queda na NYBOT (Bolsa de Nova York) nesta terça-feira e preocupa, mesmo que o mercado físico não acompanhe a cotação da bolsa. Isso porque os números mostram que “a tendência é negativa para os próximos meses”, diz Paulo Celso Biasioli, Direitor Executivo da Associação de Citricultores da Região de Limeira. Porém, o fator que mais incomoda o produtor nesse momento é a crise financeira, que afeta o mercado europeu, importante importador de suco de laranja brasileiro.

O Brasil iniciou a exportação do produto para os Estados Unidos e teve seu crescimento calcado nesse mercado. Mas, a partir do final dos anos 70 e 80, o mercado se deslocou para a Europa, que se firmou como grande consumidor do suco de laranja brasileiro.

Hoje, a Europa tem grande importância para esses produtores. A safra atual brasileira teve uma oferta maior do que se esperava. “Sobraram muitas caixas de laranja embaixo do pé, sem espaço pra esmagar nas indústrias”, diz Biasioli.

O lado positivo, por sua vez, é que os estoques mundiais e internos do suco de laranja estão baixos e essa safra está servindo para repô-los. A Consecitrus também divulgou uma informação positiva. Os mercados que estavam praticamente estagnados voltaram e consumir mais. Um deles, a China dobrou o consumo.

Por:
João Batista Olivi e Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário