DA REDAÇÃO: Preços do milho devem subir até março

Publicado em 19/10/2011 12:33 e atualizado em 19/10/2011 14:30 663 exibições
Milho: incerteza na macroeconomia pressiona preços no curto prazo, mas analista aposta em um cenário resistente em US$ 7/bu em Chicago até final da colheita da safra na América do Sul. Mercado aguarda solução para crise para começar a se recuperar.
Apesar das recentes quedas nos preços do milho, a tendência do mercado é de recuperação. De acordo com o analista da Safras & Mercado, Paulo Molinari, entre o final de 2011 e início de 2012 este cenário pode ser revertido devido a fatores como o avanço da colheita norte-americana e a turbulência na economia europeia.

Para o analista, uma decisão sobre o futuro econômico no Velho Continente pode trazer alivio aos futuros do cereal. “Daqui até o início do ano ainda teremos muitas notícias e informações que podem ajudar os preços no mercado interno. Além disso, temos também as exportações correntes brasileiras do milho, que este mês já devem superar os 6 milhões de toneladas e também os dados naturais de enxugamento do mercado interno”, afirma Molinari.

Ainda segundo Molinari, a tendência para o próximo ano é sim baixista, com a possibilidade de uma grande safra sul-americana e de uma safra norte-americana cheia, independente da condição da demanda mundial. No entanto, o cenário atual ainda contém muitas incertezas e até março, os preços do milho devem subir.

Por:
João Batista Olivi e Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Liones Severo Porto Alegre - RS

    É sempre um privilégio assistir a entrevista do Paulo Molinari, o maior conhecedor do mercado de milho do Brasil. Devemos agradecer ao João Batista (Noticias Agrícolas) pela oportunidade que nos oferece e a contribuição que presta para a agricultura brasileira. Sigam nossas façanhas...

    0