DA REDAÇÃO: Embarques de frango in natura para Arábia Saudita e Japão apresentam alta de dois dígitos

Publicado em 02/12/2011 10:14 e atualizado em 02/12/2011 12:20 344 exibições
Frango: Embarques do frango in natura para Arábia Saudita e Japão estão acima do observado no mesmo período do ano passado. Como consequência, os estados responsáveis pelos embarques aos países registravam preços mais altos.
O frango in natura exportado para a Arábia Saudita e Japão já apresenta leve acumulado no ano, com 0,7% de alta. Os países são os principais importadores da carne de brasileira e até agora já superam o volume embarcado em 2010 com 14% de acréscimo para a Arábia Saudita e 12% para o Japão.

Este ano, o período incerto na economia japonesa, devido aos acidentes nucleares, contribui para uma retração nas compras de frango. No entanto, nos últimos meses o país asiático voltou ao mercado com novos volumes.  Já a Arábia Saudita realizou o movimento inverso, com muitas compras no início do ano e diminuição nos últimos meses. De acordo com a pesquisadora do Cepea, Camila Ortelan, a retração pode ser momentânea, significando apenas que o país tem bons estoques.

“De qualquer forma, o observado é que as exportações têm contribuído para uma valorização da carne nos principais estados exportadores, como Paraná e Santa Catarina. Se comparamos os preços reais e deflacionados da carne praticados nessas regiões temos em quase todos os meses preços maiores que o ano passado”, afirma Ortelan.

Já em regiões voltadas para o mercado interno, como Minas Gerais, o cenário é outro, com queda nos preços. Nas demais regiões, os preços vêm aumentando em relação ao ano passado. Em novembro, o frango tem conseguido se manter firme devido à demanda do final de ano. “A carne de frango em comparação com outras carnes, como suíno e boi tem conseguido se manter firme”, explica a pesquisadora.

Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário