DA REDAÇÃO: Maior oferta e recesso da indústria pressionam para baixo preços da mandioca

Publicado em 06/12/2011 10:01 e atualizado em 06/12/2011 11:08 237 exibições
Mandioca: Recesso da indústria e busca de capitalização por parte do produtor aumentam oferta no mercado influenciam quedas nos preços. Início do ano deve ser de movimentação, pois estoques seguem em baixa.
Preços em queda para o produtor de mandioca pela segunda semana consecutiva. De acordo com o pesquisador do Cepea, Fábio Isaías Felipe, as quedas são motivadas pelo período do ano, no qual o produtor “tem obrigações a cumprir, como arrendamento ou busca por liberações de áreas. Além destes fatores, no fim do ano o produtor quer fazer caixa para passar o período das festas e oferta mais no mercado”, explica.

O início do período de recesso de parte da indústria de féculas também colabora para o tom baixista, pois aumenta o excedente de produto para as empresas que ainda estão em atividade. O cenário de maior oferta e indisponibilidade de indústrias para o processamento influenciam negativamente os preços da mandioca na segunda semana de dezembro.

Na última semana, a média Cepea de preços fehcou em R$244,49 por tonelada, com baixa de 1,7% em relação à semana anterior. No acumulado, desde quando começaram as quedas, a desvalorização já soma 3,3%, “mas os preços ainda são favoráveis e remuneram o produtor”, garanta Felipe.

Para janeiro as empresas devem voltar em ritmo mais acelerado de processamento visto que os estoques de fécula estão baixos. Com isso, mesmo que a demanda não se aqueça, o mercado a tende a se movimentar no início ano.

Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário