Leite: custo pode cair em até 30% com bom volumoso mais a adição de suplemento

Publicado em 20/10/2016 09:00 e atualizado em 28/10/2016 06:53
805 exibições
Racão básica começa com bom volumoso.Entrevista com Leonardo Marçal, Diretor da Divisão Leite da Campo Rações e Minerais

Os produtores de leite enfrentam uma situação complicada, com dificuldades de sobrevivência na atividade. Um dos pontos que mais pesam para o produtor é justamente o custo de produção, principalmente da ração, que faz parte em quase 50% do custo.

Para Leonardo Marçal, diretor da divisão Leite da Campo Rações e Minerais, este item deve ser um dos principais pontos de atenção do produtor. "Trabalhamos muito para que o produtor tenha renda e continue sendo um comprador. Temos uma equipe preparada tecnicamente para auxiliá-los e o item principal é que o produtor tenha um bom volumoso. Oferecemos um suplemento de volumoso para que ele gaste menos ração, tenha um produto mais saudável e que isso se torne até 30% do custo dele", destaca.

Manter a atenção no mercado de milho e de farelo de soja, portanto, é um dos conselhos mais fortes do diretor, apontando a necessidade do produtor de realizar trava futura, fechar seu custo e fazer de tudo para entender o negócio e trabalhar com as melhores margens.

Esta recomendação, segundo ele, serve para todos os produtores, independente do tamanho. Enquanto o grande produtor faz compras sozinho, o pequeno produtor pode encontrar sua Cooperativa ou Associação para ter auxílio nas tomadas de decisão e melhores soluções do mercado.

Ele ainda aconselha: "faça uma boa gestão de mão de obra e do seu negócio. Vire empresa. Não adianta achar que o negócio vai acontecer por acaso. 80% do negócio está da porteira pra dentro. Tem que administrar muito bem administrado, acreditar na atividade. Este cenário vai mudar no dia em que o produtor acreditar que está em uma atividade boa e ter orgulho disso".

Por: João Batista Olivi e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário