Trigo: Produtores comemoram boa safra na região de São João (PR) e preços estão próximos de R$ 46,50/sc

Publicado em 13/09/2018 10:57 e atualizado em 13/09/2018 14:31
762 exibições
Problemas foram pontuais nesta safra e produtividade deve ficar ao redor de 60 sacas de trigo por hectare. Área cultivada cresceu de 6 mil para 13 mil hectares nesta temporada. Na soja, produtores devem iniciar a semeadura na próxima semana e saca é cotada a R$ 80,00, para entrega maio/19. No caso do milho, colheita da safrinha foi finalizada e saca é negociada a R$ 35,00.
Arceny Bocalon - Pres. Sind. Rural de São João - PR

Podcast

Entrevista com Arceny Bocalon - Pres. Sind. Rural de São João - PR sobre o Acompanhamento de Safra do Trigo

Download

LOGO nalogo

No município de São João/PR, os produtores rurais estão satisfeitos com a boa safra de trigo. Nesta temporada, a área cultivada com a cultura aumentou de seis mil para treze mil hectares em função dos preços do feijão que não remuneravam e muitos optaram por investir no trigo.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural da localidade, Arceny Bocalon, as lavouras cultivadas com a cultura mais tardiamente sofreram com a estiagem que ocorreu algumas semanas atrás. “A quebra está estimada em 15% a 20% em localidades isoladas, já outras áreas pontuais foram afetadas com vendavais”, comenta.

Até o presente momento, as primeiras áreas colhidas apresentaram uma boa média de produtividade em torno de 60 sacas do grão por hectare. “Essas primeiras lavouras que estão sendo colhidas são as primeiras áreas cultivadas. A concentração da colheita será a partir da próxima semana”, afirma.

Ainda segundo a liderança, as lavouras de trigo apresentam bom desenvolvimento nesta temporada. “Foi um dos melhores anos para a cultura do trigo no nosso município. Por isso, nós esperamos uma produção acima de média”, diz.

Soja

Com o fim do vazio sanitário no estado, os produtores rurais devem iniciar o plantio da oleaginosa na próxima semana após as chuvas. “O pessoal vai plantar em setembro a soja para começar a safrinha com o milho em janeiro a fevereiro”, destaca.

Nesta safra, a estimativa é que sejam cultivadas de 19 a 21 mil hectares com a cultura na localidade. Com relação aos insumos, a liderança destaca que os produtores rurais adquiriram os produtos com bons preços e conseguiram escapar da recente valorização cambial.

Milho

Na localidade, os produtores rurais já finalizaram a colheita do milho safrinha e o rendimento ficou próximo de 100 sacas do grão por hectare. “Como o custo da safrinha não foi tão alto, o pessoal está muito satisfeito com a produção e não podemos dizemos que foi safrinha, pois foi safra”, conta.

Preços

As referências para o trigo estão ao redor de R$ 46,50 a saca, sendo que esses valores atuais remuneram os agricultores. Já os valores para o cereal estão ao redor de R$ 35,00 a saca e muitos produtores estão aproveitando para negociar.

 No caso da soja, a saca futura é cotada a R$ 80,00 para entregar em maio de 2019. “Se tivermos uma colheita muito boa igual nos anos anteriores, os produtores vão se sair muito bem”, salienta.

Em contrapartida, poucos negócios foram feitos nestes patamares de preços futuros para a soja, mas os produtores têm fechado contratos futuros com preços ao redor de R$ 77,50 a R$ 78,00 a saca.

Por: Fernanda Custódio e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário