HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Safra de arroz 20/21 foi 14% mais cara, mas preço alto e produtividade recorde compensaram ao produtor

Publicado em 23/06/2021 10:23 e atualizado em 23/06/2021 11:07 565 exibições
Ricardo Kroeff - Diretor Técnico do Irga
Levantamento do Irga apontou custo de R$ 73,72 por saca de 50 quilos nesta última temporada que é negociada neste momento entre 75 e 85 reais. Colheita registrou produtividade recorde que pela primeira vez ultrapassou os 9 mil quilos por hectare e ajudou na rentabilidade

Podcast

Safra de arroz 20/21 foi 14% mais cara, mas preço alto e produtividade recorde compensaram ao produtor

Download

LOGO nalogo

Cada saca de arroz desta safra 2020/21 custou R$ 73,72 aos produtores do Rio Grande do Sul, o que representa um custo de produção de R$ 11.567,74 por hectare, de acordo com dados levantados pelo Irga (Instituto Rio Grandense do Arroz).

Segundo o diretor técnico do Irga, Ricardo Kroeff, o preço dos insumos foi um dos principais responsáveis pelo aumento, já que representam mais da metade dos custos totais. Além disso, o próprio aumento nas cotações do arroz impactou, já que muitos gastos tomam esses patamares como referência, como os arrendamentos.

Esta elevação dos preços do arroz no mercado, do outro lado, ajudou a aumentar a renda do produtor. Em momentos pré-safra a saca ultrapassou os R$ 100,00 e hoje giram entre 75 e 85 reais.

Mas foi a produtividade o grande fator que garantiu rentabilidade no ciclo aos produtores. Na safra 20/21 a média de produtividade foi recorde de 9.050 quilos por hectare. Até o ano passado, essa média nunca havia ultrapassado os 8 mil quilos e chegou aos 8.400 na temporada 2019/20.

Kroeff destaca que o Irga desenvolve um projeto no estado buscando a média de 10 toneladas de produtividade por hectare recomendando várias opções de manejo diferenciadas. Alguns campos experimentais já conseguem chegar à 16 toneladas, mas esse patamar ainda não é replicável nas lavouras comerciais.

Confira a íntegra da entrevista com o diretor técnico do Irga no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti Borges
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário