Safra de laranja 2020/21 será 25% menor do que a anterior

Publicado em 12/05/2020 12:10 869 exibições
Vinícius Trombin - Coordenador da Pesquisa de Estimativa de Safra do Fundecitrus
Alternância entre safras e condições climáticas adversas prejudicaram desenvolvimento dos frutos. Por outro lado, demanda pela fruta e pelo suco de laranja estão em alta

LOGO nalogo

A safra de laranja 2020/21 é estimada em 287,76 milhões de caixas de 40,8 kg no cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo/Sudoeste Mineiro. Este número é 25,6% menor do que safra anterior, que foi finalizada em 386,79 milhões de caixas, e 12,5% inferior à média dos últimos dez anos.

Segundo o coordenador da pesquisa de estimativa de safra do Fundecitrus, Vinícius Trombin, essa queda foi causada por dois fatores. O primeiro deles é o próprio ciclo bienal da laranja,  já que a safra passada foi alta e isso aumentou o consumo das reservas nutricionais das plantas.

O segundo são as condições climáticas adversas com as altas temperaturas nos meses de setembro e outubro de 2019 prejudicaram a fixação dos frutos recém-formados e também em março e abril de 2020 que atingiram os frutos já em estágio mais avançado de desenvolvimento.

Por outro lado, Trombin aponta que a demanda tanto pela fruta quanto pelo suco de laranja está alta impulsionada pelo momento de isolamento social, já que com as famílias em casa, velhos hábitos foram retomados, como o café da manhã na residência.

Confira a entrevista completa com o coordenador da Fundecitrus no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário