Citrus: 2020 entra para história do setor com pandemia, clima irregular e quebra de 30% na safra

Publicado em 30/12/2020 10:13 e atualizado em 31/12/2020 11:09 171 exibições
Ibiapaba Netto - Diretor Executivo CitrusBR
Análise de Ipiabada Netto, diretor da Critrus BR.

Podcast

Citrus: 2020 entra para história do setor com pandemia, clima irregular e quebra de 30% na safra

Download

LOGO nalogo

Além de enfrentar as incertezas com o consumo, devido a pandemia do Coronavírus, o setor de Citrus encerra 2020 com números abaixo do que esperado, consequência de um clima irregular e de quebra para safra. As informações são de Ipiabada Netto, diretor da Critrus BR. 

"O que podia acontecer de esquisito aconteceu nesse ano. Começando pela pandemia, a gente está em um ponto muito diferente hoje. No início a gente tinha algumas dúvidas em relação ao consumo e como ficaria a renda em relação ao nosso produto", afirma o diretor executivo. Ainda de acordo com Ibiapaba, de maneira geral o setor percebeu que durante a pandemia foi registrado um aumento de consumo do varejo americano. "E a gente teve uma perda muito grande em tudo que é consumido fora de casa, ou seja, em hotel, aviões e etc", comenta. 

"A gente está levemente no positivo, mas sem grandes avanços. Não dá para falar que a pandemia prejudicou o setor, mas também não teve um aumento liquído que pode ter feito a diferença", comenta.

Em relação ao clima, Ibiapaba destaca que o ano vai entrar para história como um dos mais difíceis. Uma seca de quatro meses nas principais regiões produtoras, resultou em uma quebra de 30% na safra que naturalmente já seria de bienalidade baixa.  "Nós saímos de uma colheita de 268 milhões de caixas, para uma colheita de 269 milhões. Uma perda grande e muito significativa para o setor", comenta. 

Especicalista destacou ainda que quando o maior o isolamento social, maior é a tendência de consumo paro o setor. "Se aumentar a crise do Coronavírus e os países endureceram o Lockdown, é possível que tenha um aumento no varejo, mas podemos ter uma quebra no food service", complementa. 

Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário