Preço do leite pago ao produtor sobe em agosto, mas margens de lucro seguem pressionadas

Publicado em 02/09/2021 09:38 e atualizado em 02/09/2021 10:18 1115 exibições
Rafael Ribeiro de Lima - Zootecnista - Scot Consultoria
De acordo com especialista, expectativa para setembro é de viés de estabilidade ou baixa nos preços, com o aumento gradual na produção

Podcast

Entrevista com Rafael Ribeiro de Lima - Zootecnista - Scot Consultoria sobre o Mercado do Leite

Logotipo Notícias Agrícolas

O pagamento realizado em agosto pelo leite captado no mês de julho teve uma alta estimada em 1,3%, segundo o zootecnista da Scot Consultoria, Rafael Ribeiro de Lima, chegando ao preço médio de R$ 2,10 por litro.  Apesar do aumento, segundo ele, os custos de produção seguem pressionando as margens de lucro. 

Lima explica que, no comparativo com agosto do ano passado, o aumento no preço chega a  26,9% mais esse ano. "No entanto, os custos de produção subiram 30,0% no mesmo período, mantendo as margens apertadas para o produtor", pontua.

A alta registrada neste último pagamento está mais atrelada à oferta mais enxuta (ainda que a captação esteja aumentando gradualmente), do que pela demanda na ponta consumidora. "Temos um volume menor do que o normal, uma disputa pelos laticínios pelo produto. Ao mesmo tempo, temos uma demanda um pouco melhor do que se via no início do ano, mas ainda assim morna", disse.

O volume de leite captado no país em julho aumentou 5,2% na comparação com junho, com a produção crescendo fortemente na região Sul e, em menor intensidade, no Sudeste e Brasil Central. Entretanto, na comparação com julho de 2020, o volume captado foi 4,9% menor este ano.

Segundo Lima, a perspectiva para o pagamento de setembro referente ao leite captado em agosto é de viés de estabilidade ou leve baixa.

 

Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário