Sojicultores do sul do Pará não conseguem tirar a safra com trancamento da Belém-Brasília e Transamazonica

Publicado em 23/05/2018 16:46
710 exibições
Metade da safra do Pólo de Paragominas (PA), ainda está debaixo de chuva, e os caminhoneiros não deixam a soja chegar aos armazens. Já houve conflito e os motoristas estão irredutiveis. Secadores estão lotados e o porto de Barcarena (Belém) também está paralisado.
Vanderlei Silva Ataídes - Presidente Aprosoja Paragominas/PA

Podcast

Entrevista com Vanderlei Silva Ataídes - Presidente Aprosoja Paragominas/PA sobre a greve dos caminhões em Paragominas/PA

Download

LOGO nalogo

Vanderlei Silva Ataídes, presidente da Aprosoja Paragominas/PA, conversou com o Notícias Agrícolas nesta quarta-feira (23) para destacar que o setor local, apesar de apoiar o movimento dos caminhoneiros, pode se ver prejudicado com a greve em curso.

As chuvas atrasaram a época de colheita e há muitas áreas com grãos avariados, segundo ele. Agora, os produtores têm de colocar essa soja dentro dos armazéns para secar.

Ataídes acredita, assim, que precisaria ser feito um acordo com as lideranças dos caminhoneiros para que a soja possa ser, ao menos, levada para esses armazéns. Contudo, houveram algumas tentativas de negociação sem sucesso.

Ele destaca que, se os produtores não tiverem uma exceção para escoar essa soja até os armazéns, o prejuízo será significativo.

Na região, alguns postos já não contam mais com óleo diesel e os portos de Belém estão travados, sem recebimento de produtos.

 

 

Por: João Batista Olivi e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

2 comentários

  • R L Guerrero Maringá - PR

    É só fazer os caminhoneiros pagarem o prejuizo.

    34
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Sr GUERRERO o senhor acha melhor os caminhoneiros repassarem o custo do combustivel aos produtores rurais ??? Ou lutarem para que o senhor tenha um diesel mais em conta enquanto o senhor fica ai se coçando o saco???

      2
    • R L Guerrero Maringá - PR

      Senhor Meloni, produtor de soja o senhor não é.

      10
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Realmente nao me acho um bom produtor...Nesta ultima safra colhida em março so' cheguei a 180 sacas/alqueire nesta regiao do sul de Sao Paulo onde muitos chegam a 200... Nao fiz safrinha so' para calcarear e plantar aveia... Se Deus quiser no ano que vem espero chegar perto ao que o senhor define produtor de soja... O secador fica a 6 km pelo asfalto em Gramadinho e a Cargill sediada em Mairinque fica a 60 Km ... Metade da soja ainda esta' no silo ----

      3
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Sr Guerrero se o senhor entrar no site * Acorda Sao Miguel* o senhor vai encontrar uma fila de caminhoes de 14 kilometros, so' que para quem quiser porque nao tem piquetes-----Mas acho que esta greve vai ajudar a gente a baratear o diesel----Por isso tiro o chapeu a esse pessoal de garra, que corre risco de vida e fica longe de casa.

      3
  • Vilson Ambrozi Chapadinha - MA

    Aí não. O movimento não pode impedir o agricultor de retirar o produto do campo pro secador. O oleo diesel esta criando embaraços no transporte . O caminhoneiro sai do sul com o frete acertado e a medida que viaja vai perdendo o frete pra petrobras ,porem não perde o ano nem seu negócio afinal como dizem ,do couro sai a correia. O agricultor se não retirar a soja da lavoura pode não so perder o ano como o seu negócio. Que Deus ilumine este pessoal e cheguemva um consenso.

    4
    • Carlos William Nascimento Campo Mourão - PR

      Quando o combustível baixar, será que vão baixar o frete?

      17