Colheita do milho já começou no Mato Grosso do Sul e estado espera produção recorde maior do que 9,5 MT

Publicado em 07/06/2019 11:01 e atualizado em 07/06/2019 13:40
432 exibições
Colheita deve se estender até final de agosto e produtores sul-mato-grossenses esperam ampliar produção para até 10 milhões de toneladas. Preços de venda no momento garantem margem de lucro aos agricultores.
Juliano Schmaedecke - Presidente Aprosoja MS

Podcast

Entrevista com Juliano Schmaedecke - Presidente Aprosoja MS sobre o Panorama da safra do milho no MS

Download

LOGO nalogo

Cerca de 3% das áreas destinadas ao milho segundo safra já foram colhidas no Mato Grosso do Sul. Os trabalhos no estado devem avançar até o final de agosto e a expectativa é de produção recorde para o cereal com o patamar entre 9,5 e 10 milhões de toneladas.

Segundo Juliano Schmaedecke, presidente da Aprosoja MS, a janela de plantio do milho safrinha foi maior neste ano, após o adiantamento da soja, e o cereal se desenvolve bem nos campos, principalmente, os cultivados durante o mês de fevereiro.

Durante o desenvolvimento desta safra, os produtores sul-mato-grossenses sofreram com diversos ataques de pragas como lagartas, percevejos, pulgões e cigarrinha, mas agora aproveitam a melhora nas cotações internacionais para negociar a produção.

Há 15 dias os preços de venda do milho eram na casa dos R$ 22,00, mas hoje giram entre 26 e 27 reais, um patamar bom e que garante uma remuneração com lucro aos produtores, conforme conta Schmaedecke.

A liderança ainda comenta que cerca de 40% da produção estadual está negociada, após essa alta nos preços, e quem precisa garantir sua renda no curto prazo deve aproveitar esta oportunidade de comercialização.

Confira a íntegra da entrevista com o presidente da Aprosoja MS no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário