Sorriso/MT espera grande produtividade para o milho, mas se preocupa com vendas paradas e ritmo lento para escoar a soja

Publicado em 22/04/2020 11:00 1423 exibições
Tiago Stefanello Nogueira - Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Sorriso/MT
Expectativa é de lavouras rendendo mais do que a safra passada, mas cenário de comercialização já começa a preocupar, principalmente para usinas de etanol. Ritmo de retirada da soja está mais lento e milho pode ser armazenado a céu aberto no início da colheita

Podcast

Sorriso/MT espera grande produtividade para o milho, mas se preocupa com vendas paradas e ritmo lento para escoar a soja

Download

LOGO nalogo

O plantio da segunda safra de milho em Sorriso no Mato Grosso começou levemente atrasado, mas foi bem executado e as chuvas dos últimos dias foram interessantes para o desenvolvimento das lavouras no município.

Segundo o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Sorriso/MT, Tiago Stefanello Nogueira, a expectativa é atingir a produtividade média entre 115 e 118 sacas por hectare, patamar semelhante a safra retrasada e superior as 105 sacas do ano passado.

O bom andamento das lavouras não se reflete nas comercializações. Nogueira destaca que o mercado está frio nas últimas semanas e os produtores se preocupam com as empresas compradores fira do mercado e os custos de produção em alta para as próximas safras.

Outra questão que segue no radar é o escoamento da safra de soja. A liderança constata que o ritmo nos carregamentos de soja está lento e o risco dos armazéns ainda estarem cheios quando o milho começar a ser colhido é grande.

Confira a íntegra da entrevista com o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Sorriso/MT no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário