Goiás já colheu 70% da safra de milho e espera produtividade dentro da média histórica de 100 sacas por hectare

Publicado em 29/07/2020 12:32 e atualizado em 29/07/2020 13:32 717 exibições
Adriano Antônio Barzotto - Presidente da Aprosoja GO
Produtores do estado já negociaram mais da metade da produção aproveitando os bons preços que subiram mesmo com o decorrer da colheita. Presidente da Aprosoja GO alerta para necessidade de planejamento para a próxima safra de soja 2020/21

Podcast

Goiás já colheu 70% da safra de milho e espera produtividade dentro da média histórica de 100 sacas por hectare

Download

LOGO nalogo

A colheita da segunda safra de milho já atingiu 70% das lavouras cultivadas em Goiás e os trabalhos devem avançar até o próximo dia 15 de agosto. Os resultados obtidos com a produtividade se dividem em três blocos distintos, de acordo com a data de semeadura.

Segundo o presidente da Aprosoja GO, Adriano Antônio Barzotto, as primeiras áreas, plantadas na virada de janeiro para fevereiro, sofreram com excesso de chuvas e tiveram produtividades comprometidas. O plantio dentro de fevereiro performou entre 140 e 170 sacas por hectare e as lavouras mais tardias, de março, ficaram a baixo das 100 sacas.

Com isso, a produtividade média desta safra deve ficar dentro da média histórica do estado em 100 sacas por hectare.

O cenário de comercialização também está favorável aos produtores. A liderança destaca que a saca do cereal começou a safra valendo entre R$ 34,00 e R$ 35,00, mas subiu para cerca de R$ 39,00 e R$ 40,00 em plena colheita, o que manteve as vendas aquecidas e a possibilidade de rentabilidade alta. Aproximadamente 60% da produção já foram comercializadas.

Por fim, Barzotto alerta que o produtor precisa estar atento ao planejamento para a próxima safra de soja verão 2020/21, já que o plantio deve começar em menos de 60 dias, após o término do vazio sanitário em 25 de setembro, e os insumos já precisam estar todos comprados e chegando às propriedades.

Confira a íntegra da entrevista com o presidente da Aprosoja GO no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário