Após sofrer com estiagem e cigarrinhas, safra de milho em Marechal Cândido Rondon/PR produz metade do esperado

Publicado em 31/07/2020 11:21 1144 exibições
Edio Luiz Chapla - Presidente do Sind. Rural de Marechal Cândido Rondon/PR
Expectativa inicial era atingir 120 sacas por hectare de produtividade, mas resultados estão entre 60 e 70 sacas com 35% das lavouras já colhidas. Quebra da safra se reflete na rentabilidade e produtores devem apenas cobrir seus custos

Podcast

Após sofrer com estiagem e cigarrinhas, safra de milho em Marechal Cândido Rondon/PR produz metade do esperado

Download

LOGO nalogo

Os produtores de Marechal Cândido Rondon no Paraná já colheram 35% das lavouras de milho segunda safra e estão obtendo resultados de produtividade cerca de 50% menores do que era esperado inicialmente para esta safra.

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Marechal Cândido Rondon/PR, Edio Luiz Chapla, a estimativa era de obter produtividade média de 120 sacas por hectare, mas os índices das áreas já colhidas estão entre 60 e 70 sacas. Para as próximas lavouras a expectativa é de volumes entre 70 e 80 sacas por hectare, mas caindo para 50 sacas na parte final dos trabalhos.

Entre os motivos para esta perda estão o plantio alongado, já saindo da melhor janela de cultivo, falta de chuvas durante o desenvolvimento dos grãos e uma grande pressão de ataque de cigarrinhas, já que a falta de umidade dificultou a aplicação de defensivos e comprometeu a eficiência dos produtos.

Com todo esse cenário, os produtores do município não avançaram nas vendas antecipadas e agora devem apenas conseguir rentabilidade suficiente para cobrir seus custos de produção, conforme destaca Chapla.

Confira a íntegra da entrevista com o presidente do Sindicato Rural de Marechal Cândido Rondon/PR no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário