HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Em Cristalina/GO milho de sequeiro deve produzir metade do milho irrigado e estimular investimentos

Publicado em 21/06/2021 10:07 e atualizado em 21/06/2021 13:53 1023 exibições
Alécio Maróstica - Presidente Sindicato Rural de Cristalina - GO
Presidente do Sindicato Rural destaca que produtores que não tem irrigação estão buscando viabilizar equipamentos em busca de mais produtividade nas próximas safras. Mesmo com perdas de produtividade, preço alto de mercado deve garantir rentabilidade nesta safrinha

Podcast

Em Cristalina/GO milho de sequeiro deve produzir metade do milho irrigado e estimular investimentos

Download

LOGO nalogo

A seca foi bastante acentuada nesta segunda safra de milho em Cristalina em Goiás e afetou muito o desenvolvimento das plantas. Diante deste cenário, a expectativa é que as lavouras de sequeiro apresentam perdas ao redor dos 40% da produtividade esperada, ficando com 70 sacas por hectare.

Porém, nem tudo foi perdido no município, quem tem uma grande área irrigada e que conseguiu bons rendimentos até aqui. Segundo o presidente do Sindicato Rural de Cristalina/GO, Alécio Maróstica, essas lavouras devem ter produtividade média acima das 150 sacas por hectare.

Como reflexo desta realidade, a liderança destaca que muito produtores que não possuem áreas irrigadas estão buscando viabilizar este investimento, pensando em melhorar os rendimentos em safras futuras. Maróstica aponta que o ganho de produtividade na soja fica entre 20 e 30% e pode passar dos 70% no milho.

Olhando para o mercado, os preços da saca ao redor dos R$ 70,00 animam os produtores, que devem conseguir rentabilidade mesmo contabilizando perdas na colheita. De acordo com os cálculos da entidade, uma média de produtividade de 40 sacas por hectare já será suficiente para superar os custos de produção.

Confira a entrevista completa com o presidente do Sindicato Rural de Cristalina/GO no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti Borges
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário