Safra 2015/16: Na Bahia, a incerteza econômica é o item que mais pesa no planejamento do produtor para a próxima temporada

Publicado em 14/05/2015 10:26 370 exibições
Safra 2015/16: Na Bahia, a incerteza econômica do país é o item que mais pesa sobre o planejamento do produtor para a próxima temporada. Só na energia elétrica, depois de três reajustes consecutivos, alta é de 83% e exerce alta severa entre os itens dos custos de produção. Logística ainda deficiente também traz preocupação.

Na Bahia, os custos de produção terão aumento significativo, refletindo as incertezas econômicas que elevaram as taxas de juros, causaram inflação, aumento na energia elétrica, mão de obra e valorização do dólar.

Segundo Humberto Miranda, diretor da FAEB (Federação de Agricultura do Estado da Bahia), a energia elétrica sofreu um reajuste de 83%. Além disso, problemas de infraestrutura também devem pensar na conta dos produtores.

"Nós temos problemas com as estradas na hora do escoamento da produção. Sem dúvida nenhuma esse custo Brasil de infraestrutura é muito alto no estado do Bahia, e interfere diretamente no custo de produção", afirma Miranda.

O planejamento logístico também é utilizado na compra dos insumos, pois quando os produtores têm "como planejar com antecedência a compra dos insumos, eles já fazem a leva do produto e no retorno trazem os insumos, o que reduz muito os custos", explica.

No entanto, o atraso na liberação do crédito, e a elevação nos preços dos defensivos agrícolas, têm retardado as comercializações. Miranda afirma que os produtores estão aguardando o melhor momento de preços para realizar a aquisição dos insumos para o cultivo da safra 2015/16.

Na safra passada a Bahia aumento em 3% a área cultivada com soja, o que colaborou para capitalização dos produtores, por isso Miranda acredita que o "aumento da renda pode refletir para manutenção da área na safra 2015/16".

Tags:
Por:
Carla Mendes e Larissa Albuquerque
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário