Produtor de Illinois -EUA tem lavouras com mais de 74 sacas de soja por hectare e milho superando 210 sacas

Publicado em 05/09/2016 10:45
1626 exibições
A colheita de milho inicia nesta segunda-feira na propriedade de Bill Voyles em Sullivan, região central de Illinois
Tags:

2 comentários

  • Jurandir Alexandre Lamb Cascavel - PR

    ...é muito relativo, arrancar uma planta e fazer a contagem..., ja fiz isso diversas vezes e a conta nunca fechou e sim ficou ate 20% abaixo .

    0
  • FABIANO DALL ASTA Canarana - MT

    Nessas contas para determinar produtividade, eu sempre consigo colher uns 85 sacos de média de soja...

    0
    • CARLOS WILLIAM NASCIMENTOCAMPO MOURÃO - PR

      Todo ano estimo colher 100 sacas por hectare, mas no final não acontece. Que coisa né?

      0
    • WELLINGTON ALMEIDA RODRIGUESSUCUPIRA - TO

      Falar é fácil, tudo na vida e aprendizado, temos muito à aprender estamos indo para o caminho cedo, mas para produzir precisamos somente de uma coisa, "CHUVA", CLIMA, CLIMA , 75% da produção de todo mundo depende exclusivamente do clima, prova disso é essa produção de soja nos estados unidos, estou igual a você caro Carlos Willian, todo ano penso em colher 70 sacas por há, mas não é fácil tudo tem que ajustar e rodar redondinho, estou na quarta safra aqui em Tocantins, fazenda uma bagagem para o solo, só assim consigo tentar algo a mais em minha produtividade, somos capazes de bater recorde de produtividade por ha, temos que ter humildade para alcançarmos nossos objetivos, somos produtores de alimentos, mas somos comandados por Deus...,

      0
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      O "amortecedor" das variações climáticas é o solo e, infelizmente os solos tropicais são mais lixiviados do que os solos de clima temperados e, pedologicamente existem muitas diferenças. Acredito que o caminho para aumentarmos a produtividade das nossas culturas vai ao encontro de que: SOLO NÃO É UM MEIO ABIÓTICO !!!

      0
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      Vamos "adicionar algumas informações" agronômicas: ... Há uma (pequena) diferença estrutural na gênese dos solos de regiões de climas temperados e tropicais. Em solos tropicais a argila presente na maioria dos solos é a caulínita tipo argilo mineral 1:1, ou seja, para cada camada de óxido de silício ou sílica há uma camada de hidróxido de alumínio ou alumina e, essas argilas apresentam uma capacidade de troca de cátions (CTC) baixa, que é a troca de cátions Potássio (K), Cálcio (Ca), Magnésio (Mg) e outros, com os íons retidos no complexo de troca do solo, em relação ao tipo de argila encontrado em solos "temperados"; argila esta do tipo argila mineral 2:1, ou seja, para cada camada de alumina há duas camadas de sílica envolvendo-a, conferindo-lhe uma maior elasticidade e uma maior CTC, em outras palavras, os solos temperados têm uma estrutura que favorecem a penetração das raízes das culturas e disponibilizam MAIS facilmente os nutrientes. É QUESTÃO ESTRUTURAL, NÃO CABE COMPARAÇÕES !!! A gênese dos solos cultivados em solo brasileiro teve o seu inicio entre 250 a 150 milhões de anos, será possível alterar esse processo natural?

      0
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      Ah! Esqueci de nominar o tipo de argila encontrada na maioria dos solos temperados "Montmorilonítica". É um nome "esquisito", mas é essa a denominação.

      0